YOGA busca um equilíbrio perfeito e pleno entre corpo e mente. Está associada a conceitos de paz e tranquilidade, mas também a energia e força.
REIKI acalma as tensões, alivia a dor, limpa o organismo, cura doenças agudas e crônicas, equilibra as emoções, remove as energias estagnadas, desbloqueando histórias de sofrimento e mágoas.

2º NIYAMA – Santosha: Satisfação



Satisfação é um estado de felicidade e equilíbrio, é a aceitação das coisas como elas são e com o que se tem. Estar contente é aceitar cada momento como ele é sem pensar que deveria ou poderia ser diferente. Viva com consciência no momento atual, não fique querendo saber como será o momento seguinte. As expectativas frequentemente levam ao desapontamento e causam ansiedade e tensão, o que drena as energias da pessoa. Não significa que não devamos fazer planos futuros.
Quando estamos satisfeitos, estamos felizes. A felicidade é um estado mental que não depende das circunstâncias, não depende absolutamente de nenhuma condição externa. Nossa felicidade não deveria estar condicionada ao que temos ou deixamos de ter. Felicidade e infelicidade são estados da mente. A mente que muda constantemente e nunca se contenta não ficará satisfeita permanentemente com nada. Quando uma pessoa não está satisfeita, sua mente permanecerá sempre na dúvida, e ela perceberá que é impossível se concentrar e meditar.
Patanjali disse no primeiro capítulo do seu livro Sutras: A IOGA É A TRANQUILIZAÇÃO DO MOVIMENTO DO PENSAMENTO.
Quando todos os conflitos e confusões da mente estão resolvidos, não há pensamento. A mente se torna tranquila, e desta tranquilidade do pensamento resulta a satisfação, que traz um fluxo contínuo de felicidade e paz interior. A satisfação está intimamente ligada à equanimidade (samata), que significa ter a mente tranquila, calma, estar livre do apego e da aversão. 

A PRÁTICA DE SANTOSHA
*Não permita que os desejos controlem seus pensamentos. Diga à sua mente: “o objeto que você deseja não está aqui, satisfaça-se com o que você tem aqui e agora”.  *Viva o momento presente. Fique satisfeito e feliz com o que você tem. *Permaneça tranquilo internamente. Os pensamentos constantes são causados por desejos e apegos, que por sua vez criam insatisfação, raiva, ciúme, ódio e medo.  A mente concentrada no objeto da meditação silencia; esse silêncio e quietude trazem satisfação, alegria, calma, paz e uma consciência mais elevada. *Não se apegue.  *Não complique sua vida. Faça disto sua máxima: “Vida simples, pensamento elevado”. Siga o caminho do meio, seja equilibrado e moderado em todas as coisas. *Aprenda com a vivência interior. 

Sthephen Sturguess

1.12x a 1ª parte da saudação ao sol
2.Sequência da postura de lótus
3.Afirmação: DENTRO DE MIM EXISTE A FONTE DA ALEGRIA E PAZ VERDADEIRA. VIVO A VIDA AGORA, NO MOMENTO PRESENTE.
5x em voz alta; 5x em voz baixa; 5x sussurrando; 5x mentalmente.
4.Responda a si mesmo:
Estou disposto a aceitar as coisas como elas são no momento em que elas acontecem?
Minha felicidade depende de ter coisas ou pessoas? Se a resposta foi sim, aprenda: A FELICIDADE É UM ESTADO MENTAL QUE NÃO DEPENDE ABSOLUTAMENTE DE NENHUMA CONDIÇÃO EXTERNA.
Estou satisfeito e feliz com as coisas que já tenho?

5.Pranayama: Inspire 4; segure pulmões cheios 4; expire 4; segure pulmões vazios 4. Repita essa respiração 10x. Depois disso fique percebendo o que está acontecendo ficando em silêncio mental por alguns minutos. Tente permanecer no mínimo 5 minutos. Você pode ficar até por uma hora, porém, respeite o seu limite para manter o entusiasmo na prática.

Angélica Rosa

De olho na prática: Surya Namaskar

Loading...