YOGA busca um equilíbrio perfeito e pleno entre corpo e mente. Está associada a conceitos de paz e tranquilidade, mas também a energia e força.
REIKI acalma as tensões, alivia a dor, limpa o organismo, cura doenças agudas e crônicas, equilibra as emoções, remove as energias estagnadas, desbloqueando histórias de sofrimento e mágoas.

1º YAMA: Ahimsa – Não violência, Não Mágoa, Não dano

O objetivo da ioga é reconhecer que toda vida é única. Se for para vivermos verdadeiramente nesse reconhecimento, devemos afirmar essa unicidade e unidade sendo gentis compassivos e respeitosos com todos os seres vivos em pensamentos, palavras e ações.
Devemos evitar causar ou desejar danos, mágoas, angústias ou dor para qualquer ser vivo, incluindo nós mesmos e o meio-ambiente. Igualmente seria errado aprovar ações ofensivas e violentas de outra pessoa. A violência é muito destrutiva em qualquer nível. Deveríamos evitar não somente violências contra os seres vivos, mas as violências de todas as formas – pode haver violência na maneira como você fecha a porta, colhendo uma flor selvagem rara ou poluindo o meio ambiente.
Ahimsa não é simplesmente não matar. Para viver em ahimsa, é importante desenvolver uma atitude de perfeita ausência de agressão, com um amor positivo e muito respeito pela vida, não apenas em nossas ações, mas também em nossos pensamentos e palavras. Com a prática perfeita de ahimsa nos elevamos acima da raiva, do ódio da agressão do medo, do ciúme, do ressentimento, da inveja e do apego. Através da perfeição de ahimsa sentimos a unidade de toda a vida e alcançamos o amor universal, a paz e a harmonia.
Gandhi nos ensina: Ahimsa não é uma coisa simples e grosseira que possa ser descrita. Não fazer o mal a nenhum ser vivente é, sem dúvidas, uma parte de ahimsa, mas isto não é mais que um pequeno aspecto. O princípio de ahimsa é o controle de todo pensamento negativo, toda precipitação, injustiça, mentira, o ódio, o fato de desejar o mal a qualquer pessoa.
A instabilidade da mente ou inquietação é um obstáculo para o progresso espiritual.
Em seus sutras (2:3), Patanjali relaciona cinco aflições que perturbam o equilíbrio mental: ignorância, egoísmo, atração pelo prazer, aversão à dor e apego à vida. Destas cinco aflições, a ignorância é a fonte de todos os outros obstáculos.
Quando sentimos ódio, ressentimento, raiva, inveja ou somos violentos contra os outros, a mente e a respiração tornam-se instáveis. Renunciem a todos os pensamentos destrutivos e negativos; cultivem as qualidades positivas do amor, da compaixão, da paciência, da tolerância, da simpatia e da gentileza.
Observe os outros quando ficam zangados ou ríspidos em suas palavras e ações. Se isso te incomodar, se chama projeção que significa ver o seu defeito no outro. Seria como olhar em um espelho e ver a sua própria imagem.
PRÁTICA
12 x 1ª parte da saudação ao sol
Sequencia da Postura de Lótus
Madhyam pranayama – Respiração média
Responda a si mesmo:
a)      Você tem pensamentos que são autodestrutivos?
b)      Você se torna defensivo quando criticado?
c)      Quando você fica irritado? Por quê?
d)      De onde vem essa raiva?
ORAÇÃO DO PERDÃO: falar o nome da pessoa... DEUS LHE PERDOA, PORTANTO EU LHE PERDOO TAMBÉM 5X
Afirmações: SOU CERCADO E HABITADO PELA PAZ.
5x em voz alta; 5x em voz baixa; 5x sussurrando; 5x mentalmente; observar-se por alguns minutos.
Olhar frontal (ponto entre as sobrancelhas)
OBSERVAÇÕES:
Ø Fazer um diário e escrever nele todas as noites.
Ø Meditar no mesmo lugar e no mesmo horário.

Ø Executar todas as ações com amor.

De olho na prática: Surya Namaskar

Loading...